InícioInício  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Últimos assuntos
» [Parceria] Naruto Survival RPG
por Survival Dom Jun 18, 2017 3:43 pm

» ~REVIVE O FÓRUM ADM GOSTOSÃO~
por Archer Dom Jan 29, 2017 12:28 pm

» [parceria] Pokemon Imperial RPG
por misakichan Sab Dez 31, 2016 10:04 am

» [Parceria] RPG HAJIME NARUTO!
por Melkor Sex Set 23, 2016 4:02 pm

» [Parceria] Naruto SP
por Pawafuro Nara Seg Jun 20, 2016 5:52 pm

» Judeau Sinariel
por Judeau Sinariel Qua Abr 27, 2016 6:22 pm

» No Exit
por Hendrik Kaiser Sab Mar 26, 2016 7:19 pm

» [Parceria] Naruto - Eternal Ninja
por Illumi Seg Mar 14, 2016 12:17 am

» [Ficha] Brahma (EM PROGRESSO)
por Brahma Dom Fev 28, 2016 11:03 pm

» Petter — Template
por Hendrik Kaiser Ter Fev 23, 2016 6:31 pm

» Criação de Técnicas
por Drako Seg Fev 22, 2016 7:40 pm

» Que comece a caçada!
por GM.Dragon Dom Fev 21, 2016 7:48 pm

» Invasão de Aventuras
por GM.Dragon Sab Fev 20, 2016 9:05 am

» Cynthia Malick
por GM.Dragon Sex Fev 19, 2016 9:42 pm

» Cynthia Malick
por GM.Dragon Sex Fev 19, 2016 9:41 pm

Evento
A torre misteriosa



Progresso:
0/50
Boss:
Desc
Criaturas Abatidas:
0
Players Derrotados:
0
Bônus Atual:
50% EXP
Parcerias

















Pokémon RealForce

Pokémon RealForce
Fórum grátis Dragon Dreams


Compartilhe | 
 

 First Blood

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
ADM.Phelipe

avatar



MensagemAssunto: First Blood   Seg Jan 18, 2016 4:15 pm

First Blood

Aqui ocorrerá a aventura de Vergil Redstone!



Objetivos:
- Conseguir uma espada
- Conseguir um ou dois cantis pra armazenar sangue.
- Não morrer
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zed

avatar



MensagemAssunto: Re: First Blood   Ter Jan 19, 2016 6:27 am

Aguardava quieto pelo cair da noite. Sequer lembrava exatamente como havia chegado naquela casa abandonada pra me proteger do sol naquele dia. Meu corpo imortal agora já estava chegando próximo de seus 90 anos, não que soubesse disso, a algum tempo já havia cansado de contar minha real idade.

“Preciso de algum lanche...” Pensei com um leve sorriso enquanto tentava me lembrar da última vez que havia bebido o liquido vermelho que tanto me alegrava. O sabor, o odor, era a pura perfeição. “Mal posso esperar.” Pensei com agua na boca.

Aguardaria o cair da noite onde enfim poderia me mover. “Essa cidade tem problema com vampiros, mas eu dou conta.” Agora estava desarmado e confesso, um tanto sedento também. O que já criava minha lista de objetivos para aquela noite. Tinha de arrumar uma arma, e logo também um pouco da essência da vida.

Primeiramente meu alvo seria a loja de armas, aquela cidade provavelmente devia ter alguma. e quando o sol finalmente sumisse elas ainda deviam estar abertas, ainda que no final do expediente. Caso obtivesse sucesso em encontrar tal loja iria adentrar a mesma sem rodeio e iria tentar não demonstrar minha grandeza perante aos humanos. Iria me disfarçar como um deles, afinal mesmo sendo superior, ainda estava em um número ridiculamente menor ao deles.

- Uma espada. – Iria pedir ao vendedor, sem muito dialogo ou perda de tempo, era melhor negociar antes que houvesse uma chance de que ele percebesse que era um vampiro. – E cantis. Teria... Uns dois? – Diria após pensar um pouco em quanto sangue poderia armazenar de uma vítima. Talvez dois cantis seriam o número ideal, claro, aproveitaria para beber um pouco no momento também. Apenas era bom ter uma reserva preparada para emergências, o que até então não havia feito.

A princípio não iria pagar pela mercadoria, apenas iria ter certeza de que ele tinha todos os produtos na loja e também gostaria de ouvir quanto seria cobrado. Enquanto aguardasse, iria pedir também para ver a qualidade da espada, mesmo não sendo um perito ainda assim queria ter certeza de que a lamina estava devidamente afiada e que o material era de uma qualidade aceitável. Ou ao menos uma ótima imitação. Preferencialmente iria analisar o fio da lamina após pegá-la em minhas mãos, claro, também seria necessário para meus seguintes passos.


OFF: Sim, eu vou cometer o erro de iniciante.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TwoStar_Magnum

avatar



MensagemAssunto: First Blood   Qua Jan 20, 2016 11:00 am

Narração: A Loja



O Dia estava claro, O sol não mostrava qualquer fragilidade e sim estava forte como de costume, Zed estava começando a sentir que faltava algo em si, "Preciso de algum lanche..." Isto era o que ele pensava, já que nem se lembrava de quando havia se alimentado pela ultima vez, "Mal posso esperar" era oque ele pensava no momento.

Ao cair da noite Zed ainda pensava, a cidade andava meio "Nervosa" com ataques de vampiros e Zed sabia o porquê alem de saber que poderia dar conta, mas estava desarmado e com fome. As lojas por ali ainda estariam abertas, mas no fim do expediente. Zed encontrava a loja que precisava e com sucesso entrava sem ninguém desconfiar. A loja estava vazia e somente o vendedor estava ali, terminando de limpar as vitrines para poder então fechar, este que possui-a um cabelo bege e olhos cor marrom com uma camiseta branca surrada que diziam que ele lutava para sobreviver naquela loja e não tinha muito lucro para si mesmo.

- Uma espada. Zed dizia sem rodeios, não queria que aquele senhor desconfiasse que era um vampiro, então o rapaz que o atendia disse: - Boa noite, temos dois tipos sendo a básica custando 30 moedas e a longa custando 60 moedas. Assim dizia o vendedor logo escutando - E cantis. Teria... Uns dois? , O rapaz então foi em uma vitrine e trouxe os dois cantis que Zed havia pedido - 10 moedas cada, quer?.

O Rapaz então trazia ambas as espadas mostrando espadas de qualidades mas cada uma com suas bonificações, então assim Zed a pegava e olhava ambas com ótimas qualidades e ótimo afiamento. Qual Zed compraria? E levaria aquilo que pediu? O vendedor apenas esperava pela resposta de Zed para então pegar as moedas.


Situação:
 
Vendedor:
 

Citação :
Legenda:
- Fala do Personagem
"Pensamento do Personagem"
- Fala do Npc
Narração


- Somente me deixe explicar... "A espada cravava em seu pescoço enquanto seu sangue descia pela lamina."



   
   
   
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zed

avatar



MensagemAssunto: Re: First Blood   Qui Jan 21, 2016 3:27 am

   
Já quase não aguentava mais esperar quando o sol finalmente se pôs, saindo daquele lugar onde havia passado a noite caminhei pela cidade movimentada até chegar a uma loja onde havia sido recepcionado por um humano simpático. “Humanos...” Pensei em desaprovação quando via-o agir com tanta educação e carinho a mim.

As espadas pareciam bem cuidadas e de qualidade razoável. Passei algum tempo checando-as em silencio. – Ah sim. – Interrompi enquanto olhava a espada menor. Levantando o rosto que antes encarava a lamina para olhar diretamente ao homem. – Eu vi que a cidade anda bem movimentada. – Aquele era o momento crucial onde internamente sorria. Era onde tudo precisava ser coordenado apropriadamente. Minha mão direita segundo o cabo da espada estava naquele momento abaixada enquanto de lado para o homem encarava a janela observando o exterior. – Sabe o que anda acontecendo? – Meu olhar estaria direcionado a extremidade da janela mais distante de mim, precisava manter seus olhos longe.

Esperava que ele olhasse na mesma direção que eu. Era necessário para o plano prosseguir, mas caso ele não fizesse por iniciativa própria iria tentar fingir surpresa e pavor enquanto rapidamente apontaria com meu braço esquerdo, o que não segurava a espada, em direção a janela. – O QUE É AQUILO? – Berraria de imediato, mas claro, nada disso seria necessário se ele já tivesse virado em direção a janela por iniciativa própria.

Aproveitando-me do único momento de distração que aquele humano teria, iria usar a espada que estava em minha mão direita para estocar sua barriga com firmeza, mas acima de tudo velocidade. Afinal, precisava feri-lo apenas, não o matar.

Se obtivesse sucesso em acertá-lo com minha lamina, iria usar minha força para simplesmente arrastá-la ainda dentro do corpo do vendedor para cima, aumentando o ferimento e consequentemente a dor que ele estaria a sentir. Mas novamente, tudo tinha de ser feito com velocidade e precisão.

Quando estivesse ferido iria saltar através do balcão e então iria atacar usando minhas presas. Meu alvo era o pescoço daquele humano. Ao conseguir enfiar minhas presas em sua carne iria apenas sugar o sangue e me deliciar enquanto o fazia. Parando apenas quando ele viesse a perder a consciência. Mas não para poupá-lo, e sim para abastecer os cantis usando o sangue da vitima.

Mas como bem sabia, era um plano arriscado, por isto já estava preparado para a possibilidade do ataque surpresa falhar. Se fosse o caso iria apenas mover minha mão esquerda em direção aos cantis e pegando-os logo antes de saltar para trás e largar em disparada até a porta antes que ele pudesse puxar algum tipo de arma de fogo... Não que fosse me matar, mas não queria ser atingido sem necessidade naquele momento.


OFF: Let’s try...
OFF2: O nome do personagem não é Zed, é Vergil.
Beber Sangue: 2/10


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TwoStar_Magnum

avatar



MensagemAssunto: Re: First Blood   Qui Jan 21, 2016 12:44 pm

Narração: A Loja





Vergil Olhava as espadas as checando em silêncio - Ah sim. – interrompeu quando olhava a espada menor, o vendedor estava com uma expressão normal, ele estava começando a perceber que algo estava errado, então Vergil disse: - Eu vi que a cidade anda bem movimentada - e o rapaz respondeu: - Sim, Ultimamente estamos sendo atacados por diversas criaturas, mas você não veio para comprar né? mas vergil apenas olhava para a janela, o rapaz ainda olhava para o rosto de Vergil.

Vergil derrepente se assuta com algo na janela, obvio para tirar a concentração do vendedor, e assim o vendedor olhava, mas no exato momento, um soldado da guarda real entra na loja, e começa a olhar o redor da loja, O vendedor rapidamente olha o rapaz do exército e se afasta de vergil, indo em direção ao rapaz da guarda e dizendo: - Algo que posso ajudar soldado?. Os planos de Vergil iam por água a baixo.

Vergil Mudaria seus planos? ou continuaria com idéia de fugir com os itens? Lembrando que possui um guarda real na loja, fazer isso seria arriscado?


Situação:
 

Citação :
Legenda:
- Fala Personagem(Narrado)
- Fala NPC(Vendedor)
Narração


- Somente me deixe explicar... "A espada cravava em seu pescoço enquanto seu sangue descia pela lamina."



   
   
   
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zed

avatar



MensagemAssunto: Re: First Blood   Seg Fev 01, 2016 4:22 am

A chegada do guarda frustrava meus planos a princípio. Dificilmente o roubo de uma loja de armas era fácil, e já estava à espera de adversidades, mas aquele novo oponente era um incomodo que podia tornar impossível a execução do plano. Em grande parte, por fazer parte da guarda de uma cidade que odiava Vampiros.

“Você tem mesmo sorte seu bostinha.” Pensei com nojo do mesmo, mas ao mesmo tempo conseguia rir da situação, era complexo. “É... Não vai dar pra fazer isso agora...” Decidi resolvendo adiar a morte daquele sujeito por algumas horas. – Aqui está. – Respondi-o colocando as moedas sobre a mesa e então pegando a menor espada junto aos cantis e saindo do estabelecimento enquanto ainda estava me arrumando, colocando os cantis nos bolsos e a espada presa a cintura.

Ao caminhar evitaria contato visual com os guardas, eles saberiam me reconhecer com mais facilidade do que a população comum, portanto era arriscado demais. Ao sair, teria certeza de marcar a posição daquela loja. Mas tarde voltaria para finalizar o trabalho.

Conseguindo sair do recinto com sucesso, era o momento de me abastecer com sangue. Apesar de não ter conseguindo o sangue de minha primeira opção, haviam opções melhores pela cidade, restava apenas saber onde procurar, e minhas oito décadas haviam me ensinado bons lugares.

Caminhando pela cidade evitando ficar em exposição, tentaria permanecer em meio as sombras e longe de áreas mais iluminadas, principalmente as que tivessem guardas também. Meu caminho me levava a um estabelecimento que não se limitava a luz do dia, pelo contrário, ele se tornava ainda mais movimentado nas noites. O prostibulo. Mas não para aliviar a luxuria... Quer dizer, não SÓ para aliviar a luxuria.

Chegando ao local iria procurar por alguma garota relativamente jovem, entre seus 15 aos 26 anos. Para refeições não tinha tanta dificuldade em selecionar, mas como antes de servir de alimento poderia utilizar seus serviços para outras coisas, procuraria por alguma que se adequasse a meus gostos. Preferencialmente por cabelos compridos e de cores claras, preferencialmente com corpos cheios de curvas. Caso não encontrasse nenhuma aceitaria uma garota qualquer.

Assim que conseguisse fazer contato, iria a um dos quartos reservados com ela, e durante o ato, logo antes do clímax, iria me aproveitar e atacar usando minhas presas para morder seu pescoço e drenar seu sangue, até que ela viesse a desmaiar. Por fim usaria a lamina recém adquirida para alargar o estrago das presas e então encher os cantis usando o sangue remanescente. Mas claro, só procederia com o enchimento dos cantis após terminar de me aliviar de outra maneira.


Beber Sangue: 3/10


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TwoStar_Magnum

avatar



MensagemAssunto: Re: First Blood   Qua Fev 03, 2016 11:10 pm

“Você tem mesmo sorte seu bostinha.” vergil pensava enquanto deixava as moedas e levava os objetos, não era o dia de sorte dele, ou no caso a noite, mas mesmo na situação que estava, vergil ria pois era algo cômico.

Vergil pelas ruas, disfarçava, pois sabia que poderia ser notado por um guarda que rondava a cidade, ele apenas pensava em beber sangue, ele precisava e até agora, nada havia dado de bom para ele. No meio da escuridão, vergil andava evitando guardas, ou pessoas pois não era de seu desejo ser detectado. Certa vez um guarda quase o notou, mas pensou que ele poderia ser outra pessoa e passou direto.

Após 2 horas, vergil encontrava um local lotado, o unico local no qual não parava a noite... Um prostíbulo, vergil olhava o local de um local prestigiado, o telhado de uma casa, dava ótima visão para as várias refeições de 20 anos, sua bebida preferida estava a todo vapor, a todo momento pessoas entravam com duas ou três garotas, as janelas estavam acessas e pelas sombras na cortina, vergil notava aquela brincadeirinha lá dentro... Ele sabia que era sua vez de "Brincar" e assim desceu, logo encontrando uma garota jovem de cabelos negros, com ótimas curvas e por mais que pareça brincadeira, virgem e nova.

Vergil a seduzia e a dominava facilmente, ela o puxou para um quarto e trancou, ela jogou vergil na cama e o alisou, foi quando vergil a agarrou, a puxou e mordeu seu pescoço, ela tentava gritar e agonizando perdia a vida segundo por segundo até falecer completamente, vergil bebia o suficiente para si e assim enchia os cantis. Após se satisfazer em ambos os desejos, vergil a deixou lá, e pela janela desceu ao térreo novamente, sumindo nas sombras para nunca mais ser visto... Mas será mesmo?

Qual seria o proximo desejo de vergil? ele tinha seus cantis e estava saciado, seu destino era ele que escolheria.



Status:
 

Garota:
 

Citação :
Legenda:
"Pensamento Vergil"


- Somente me deixe explicar... "A espada cravava em seu pescoço enquanto seu sangue descia pela lamina."



   
   
   
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: First Blood   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
First Blood
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Filme] Naruto Shippuuden 5 - Blood Prison
» Blood in Rio (Crônica Oficial)
» 10@ Em busca dos Stunkys!
» Stages of Blood - Treinamento para Sátiros, Indefinidos, filhos de Hefesto e filhos de Herácles
» Loja de Poções de Nascimento.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Reino da Magia :: MUNDO :: Lunaria :: Aventuras-
Ir para: